Tag Archive | viajar pelo canadá

Dicas de onde passar o ano novo em Vancouver

Aqueles que vão passar o ano novo em Vancouver, fazendo um intercâmbio no Canadá poderão desfrutar da maravilhosa experiência de um reveillon em outra cultura. Hoje falaremos um pouco sobre algumas das melhores festas para curtir a virada em grande estilo.

reveillon vancouver

-Luxe NYE @ Pacific Hotel Vancouver: Se você está interessado em luxo e glamour, esta é a festa ideal para você. Com ambiente extremamente formal (atenção para o código de vestimenta) no Hotel Pan Pacific, o evento inclui tapete vermelho, música ao vivo, pistas de dança e muita exuberância. Os ingressos custam aproximadamente $100 e tendem a esgotar a medida que a data se aproxima.

 

-NYE Club Crawl: Uma verdadeira febre que vem tomando conta dos eventos noturnos chega também a noite mais celebrada do ano. Ideal para jovens e estudantes que não querem ficar no mesmo lugar a noite toda, o Club Crawl tem inicio no Roxy Club e por $40 inclui ainda a entrada em outras 3 discotecas da cidade, com transporte incluído para que você não fique esperando no frio.

 

-NYE @ Science World: Para aqueles que querem romper o ano em uma grande atração turística, este evento com capacidade para 1100 pessoas no Telus World of Science é a opção ideal. Por $100 a festa inclui dois ambientes, DJs, 5 bares licenciados, e vista para a maravilhosa vila olímpica e a falsa creek.

 

-Pride of Vancouver NYE: se você está buscando um reveillon mais romântico com uma pessoa importante esta talvez seja a opção ideal para impressionar seu par. A bordo de um belíssimo navio, com gastronomia gourmet, vista para a iluminada cidade de Vancouver, este evento fará da sua noite algo além do especial. Os ingressos custam cerca de $150, incluindo o jantar.

reveillon barco vancouver

-Whistler First Night: Esta opção é ideal para famílias que desejam passar o ano novo com muitas atividades e opções de lazer. Os ingressos incluem diversas atrações como a pista de patinação no gelo, o espetáculo Fire and Ice Show, música, refeições e a tradicional queima de fogos de artifício a meia noite. Os preços variam de acordo com a idade e podem ser consultados neste link.

 

Há muitas outras opções para o reveillon em Vancouver, e a principal sugestão que podemos dar é que você planeje com antecedência durante seu intercâmbio Canadá o que fará na noite do dia 31, pois os preços tendem sempre a subir e muitos eventos contam com ingressos limitados.w

Anúncios

As maravilhas naturais do Canadá – Parte 2

Ontem escrevemos sobre algumas das belezas naturais do Canadá. Hoje continuaremos falando sobre este tema, apresentando 5 outras maravilhas da natureza presentes no segundo maior país do mundo em dimensões territoriais, para pessoas que desejam fazer um intercâmbio para Canadá ou conhecer e se aventurar pelo país de forma mais profunda.

 

Cataratas do Niagara – Começamos falando sobre as mais poderosas quedas da América do Norte, presente tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos. Com fácil acesso de ambos os países, as cataratas recebem mais de 20 milhões de visitantes por ano, que desejam ver o espetáculo da água de coloração verde caindo por mais de 50 metros. Além disso, os visitantes podem ainda desfrutar do parque Jardins da Rainha Victoria, museus, cassinos ou fazer um passeio pelo famoso barco Maid of the Mist.

 

Cabot Trail – Circulando o norte do Cabo de Breton, a Cabot Trail é uma estrada de 300 kilômetros com paisagens espetaculares voltadas para o litoral ao longo de todo o seu trajeto. Quem está estudando inglês no Canadá e tem a vontade de alugar um carro e passear pelo país, essa é uma rota ideal. O site Lonely Planet chamou esta via de um dos melhores passeios do mundo. Além do belo cenário, a Cabot Trail oferece atrativos como pesca, camping, trilhas e avistamento de baleias.

Lago Moraine – Você pode ver fotos e vídeos sobre este lago na internet e na televisão, mas nenhuma imagem lhe dará a dimensão exata da beleza deste lugar localizado no Banff National Park. Durante o verão, o flúor das rochas transforma a cor da água em um tom de azul único, projetando a imagem da floresta e dos picos repletos de neve.

 

Haida Gwaii –  Conhecida também como Queen Charlotte Islandas, o Haida Gwaii é um remoto arquipélago do Canadá, localizado na Colúmbia Britânica. Além da preservação da fauna e floral local, os visitante são surpreendidos com seu estado quase que intacto. Espero por montanhas, enormes praias, florestas temperadas, e mais de 30 espécies únicas de plantas e animais que originaram o apelido de Galápagos do Norte.

 

Luzes do Norte – Encerramos o nosso post sobre as maravilhas naturais para aqueles que querem estudar inglês no Canadá falando das Luzes do Norte. Apesar de sua remota localização, os interessados podem ver o espetáculo da aurora boreal através de pacotes de agências especializadas. Os que tiveram o prazer de testemunhar a dança das luzes de cor azul, verde, vermelho e amarelo no céu do anoitecer dizem que jamais se esquece tal experiência.

 

 

As maravilhas naturais do Canadá – Parte 1

Assim como o Brasil, o Canadá é um país de dimensões continentais, e com vasta beleza natural. Se você está buscando estudar inglês no Canadá, aproveite para durante o seu intercâmbio conhecer algumas das maravilhas naturais que este gigante da América do Norte tem para oferecer.

 

Virginia Falls – Apesar de não tão popular quanto as Cataratas do Niágara, principalmente por sua localização extrema, a Virgínia Falls apresenta similar beleza e o dobro da altura da sua vizinha ao sul. Localizada no Nahanni National Reserve, na parte oeste do Northwestern Territories, seu acesso é bem complicado, e praticamente só pode ser feito através de pacotes com agências especializadas.

Thousand Islands – Se você decidir fazer um passeio pelo rio Saint Lawrence, você terá o privilégio de ver o arquipélago fluvial composto por 1793 ilhas. Além disso, a magnitude do Castelo Blodt e a menor ponte internacional do mundo complementam o passeio com maestria. Localizada no extremo sul da província de Ontário, você poderá navegar exatamente na divisão entre o Canadá e os Estados Unidos.

 

Western Brook Pond – Com um visual impressionante que nos remete ao norte da Noruega, esta Fjord no Gros Morne National Park se complementa com inúmeras atrações e visuais de tirar o fôlego, como enormes cachoeiras com mais de 600 metros de altura. Tanto trilhas como pequenos navios de cruzeiro são as melhores alternativas para conhecer o local.

Dinosaur Provincial Park – As paisagens de Alberta fazem deste parque o local ideal para encontrar ossos de dinossauros. Como magníficos canyons e rochas de formas peculiares, aliadas ao centro de visitantes com exposições de dinossauros, fósseis e geologia transformam essa visita em um must see para apaixonados pelo assunto.

Cathedral Grove – Não tente escalar estas árvores. Algumas com mais de 800 anos de idade, atingem mais de 70 metros de altura. Parte do MacMillan Provincial Park, a Cathedral Grove está localizada ao leste de Vancouver e ao norte de Vitória. Mesmo não podendo escalar-las, você poderá fazer o tradicional registro do abraço no tronco das árvores.

 

Além desses listados o Canadá possui outros inúmeros atrativos naturais que vamos registrar no próximo post. Se você tem interesse em fazer um intercâmbio canadá 6 meses ou até 1 ano, aproveite seu tempo no país para explorar toda a diversidade e belezas naturais oferecidas.

Visite Victoria, no Canadá!

Sempre quando falamos da Colúmbia Britânica, pensamos instantaneamente em Vancouver, a maior e principal cidade da província. Para aqueles que querem fazer um intercâmbio Canadá, e querem viajar um pouco e explorar o país, Victoria, a capital da Colúmbia Britânica é um excelente destino para se conhecer.

Se você está visitando a Colúmbia Britância, vá até Victoria e se surpreenda!

A pouco mais de 1 hora de viagem de Vancouver, Victoria é uma charmosa cidade que reflete todo o espírito diferenciado da Colúmbia Britânica. Se você está em Vancouver, você pode chegar a Victoria utilizando diversos meios de transporte, e neste link (em inglês) você poderá obter mais informações sobre. A cidade possui 80 mil habitantes de acordo com o ultimo censo e além de muito organizada, conserva a fama de ser uma cidade extremamente limpa.

A beleza dos jardins de Victoria

Conhecida como “Garden City” (Cidade dos Jardins), Victoria contribuiu fortemente para que a Colúmbia Britânica seja a região norte americana com maior concentração de parques. O principal fluxo turístico se dá na primavera, justamente quando a cidade exibe a cor das suas flores. A decoração da primavera chega a ser extraordinário, com mais de 1500 postes decorados com cestos de flores.  Outro destaque é o Butchart Garden, que com seus 55 acres oferece milhares de espécies que florescem entre os meses de março – outubro e transformam um simples passeio num espetáculo visual de cores.

Diferente de muitas outras cidades canadenses, Victoria possui um clima submediterrâneo e mais moderado ao longo do ano.  No inverno as temperaturas giram em torno de 6 graus (sim, isso é agradável no Canadá!), enquanto no verão as médias estão em torno de 23 graus. Além dos jardins a cidade possui ainda outros atrativos como o Museu Real da Colúmbia Britânica, que conta um pouco da história da província; a segunda mais antiga Chinatown da América do Norte; o Parlamento local, um belo edifício neo-barroco localizado em frente e com vista para o mar e a marina da cidade. E se você tem vontade de uma experiência totalmente diferente, Victoria é o destino ideal para “Whale Watching” (Observação de Baleias), com diversas empresas que possuem uma alta taxa de sucesso avistando as 3 grandes comunidades de orcas residentes na região.

Apesar de não ser uma grande cidade como Toronto ou Montral, Victoria é um excelente destino para um final de semana durante o seu intercâmbio no Canadá, e impressiona por sua limpeza, organização e beleza. A atmosfera da cidade é algo difícil de descrever e somente estando presente para se vivenciar o clima positivo e agradável que combina perfeitamente com o sol, o mar e a cor das flores nas ruas.