Tag Archive | estudar ingles nos eua

A StudyGlobal está de site novo, você viu?

Estamos sempre indicando aqui opções de intercâmbio, atividades e atrações para você curtir durante seu curso de inglês nos EUA, ou espanhol na Argentina. Costumeiramente indicamos o site da agência StudyGlobal, vista por nós como uma das mais profissionais, eficientes e com melhor custo beneficio do mercado. A grande novidade do dia é que a StudyGlobal está com um novo site, cheio de novidades, esbanjando praticidade e claro, mantendo o padrão de qualidade de sempre.

 

As principais mudanças estão nas questões estruturais do site que ago

Confira com a StudyGlobal as melhores opções para intercâmbio Estados Unidos

Confira com a StudyGlobal as melhores opções para intercâmbio Estados Unidos

ra permitem que você entenda toda a informação necessária com maior clareza para encontrar exatamente o intercâmbio que deseja. As seções agora se dividem por idiomas e programas, que permitem através de um mapa interativo encontrar o destino ideal para o seu curso.

 

Além disso, uma nova ferramenta, um calculador online de preços, permitirá que você antecipe o seu orçamento sem nenhum compromisso, e sem ter que esperar e-mails ou fazer nenhum telefonema. Você poderá calcular o valor do seu programa no exterior incluindo o tipo de curso, o tipo de acomodação e acrescentando extras como traslado para o aeroporto. No entanto, se você estiver interessado em um tratamento mais pessoal, com a atenção extra online que só a StudyGlobal pode oferecer, você poderá soliciar um pedido de orçamento fornecendo os dados de interesses.

 

Por fim, o site conta ainda com diversas outras informações importantes como dicas de viagem, questões sobre seguros, buscador de vôos, classificação dos níveis de idioma, tipos de exames, vistos, como economizar e claro, uma seção com perguntas mais freqüentes feitas pelos usuários, além de um telefone 0800 para contato e um e-mail de suporte.

 

No novo site da StudyGlobal você irá encontrar tudo que precisar saber para um intercâmbio Buenos Aires

No novo site da StudyGlobal você irá encontrar tudo que precisar saber para um intercâmbio Buenos Aires

Se você está buscando fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos, na Argentina ou em qualquer outro país do mundo, navegue pelo site da StudgyGlobal e descubra um mundo de opções para escolher a experiência que certamente irá mudar a sua vida.

Anúncios

Confira o relato de um intercâmbio em San Diego

Como estamos sempre postando dicas para quem quer estudar no exterior, hoje faremos um post diferente com os comentários de um estudante que decidiu fazer um intercâmbio nos Estados Unidos através da agência StudyGlobal para estudar inglês em San Diego. Ele comenta um pouco sobre a sua experiência na escola, com os amigos, sobre a cidade, e claro, sobre o aprendizado do idioma.

universal_studios

Como sempre afirmamos, San Diego possui a vantagem de ser uma cidade muito jovem, o que reflete no ambiente local por sua atmosfera descontraída, ““A cidade é demais, muitos jovens, muita gente divertida, muitos lugares para passear.”

Um aspecto interessante que ele chama a atenção é o fato de ter optado por fazer intercâmbio aos 36 anos. Por algum motivo, muita gente acredita que intercâmbios são voltados exclusivamente para o público jovem, algo completamente ultrapassado, já que as escolas souberam se adaptar ao público adulto, e é uma simples questão de alinhar seus interesses, “Vale lembrar que tenho 36,sou casado e pai. De maneira nenhuma isso foi problema, apenas quero dizer que os interesses de diversões acabam sendo diferentes. Cada pessoa tem um objetivo e situações diferentes. Na minha situação fiz uma viagem de um mês, fiz muitas compras e procurei praticar muito o inglês.”.

Sobre a escola, é salientada a importância da imersão, ao falar inglês o tempo todo, e claro a vantagem de ter um professor americano, “Gostei muito da CEL, funcionários muito legais.Tive aula com o professor Alden Medina, gente finíssima um americano que conhece o Brasil, pude praticar muito, pois falava inglês a todo momento.”.

friends_in_hollywood

Um dos aspectos mais legais de um intercâmbio é a experiência de morar na casa de americanos. Além de você criar um vínculo com uma família local, você ainda aproveita para conhecer um pouco mais sobre a cultura do país e fazer amigos, “O dono da casa chama-se Paul, gente fina, me deixou super à vontade me dando assistência no que precisava. A casa é grande, havia um rapaz da Suíça no outro quarto que ficamos muito amigos, conversávamos inglês o dia inteiro, ele diz que vem ao Brasil neste ano.”

A possibilidade de viajar com os amigos para diferentes lugares também é um dos pontos positivos de um intercâmbio, “Fiz amizade com uma galera e fomos para Los Angeles duas vezes. Como eu havia alugado um carro, dividimos o combustível”.

sunset_mission_beach

Por fim, Fabiano faz um elogio a qualidade do atendimento, “Agradeço a equipe da StudyGlobal, muito bom o serviço de vocês. Parabéns !!!”. Aproveite,  pois você pode também viver a experiência de um intercâmbio Estados Unidos através da StudyGlobal!

Qual visto você precisa para o seu intercâmbio nos Estados Unidos?

Se você está interessado em fazer um intercâmbio para os Estados Unidos, porém se sente intimidado em relação ao processo de visto, fique tranqüilo, pois as exigências tem mudado muito e o processo tem sido muito mais democrático e rápido, fomentando o número de brasileiros que viajam para os EUA tanto para estudar quanto para passear.

passaporte brasil

No entanto, apesar do processo estar mais simples você ainda deve se atentar para alguns detalhes do seu curso de idiomas para que não haja inconvenientes nem seja prejudicado por solicitar o visto errado.

 

As exigências para quem quer tirar qualquer visto americano partem sempre dos mesmos princípios. Você deve estar sempre pronto para atestar seus vínculos com o Brasil, através de imposto de renda, contra cheques, matrícula em universidades, escolas, bens imóveis em seu nome, etc. Deixar claro para o entrevistador que você não tem o menor interesse de imigrar para os EUA e está indo simplesmente para estudar e aprimorar o inglês é fundamental.

 

Um aspecto capital que você deve ficar atento também em relação a carga horária do seu curso. O governo americano divide os cursos de idiomas nos EUA em duas categorias, os full-time e os part-time. Os primeiros são assim chamados por terem carga superior a 1080 minutos semanais, ou 18 horas. No caso dos part-time, o curso possui carga horária inferior a 1080.

 

Se o seu curso for full-time, você poderá estudar inglês nos EUA pelo período de 1 semana até 1 ano, e precisará solicitar o visto de estudante F1. Para o curso part-time, você poderá se aplicar normalmente para o visto de turista B2, no entanto, a duração do mesmo não poderá ser superior a 90 dias ou 12 semanas de aulas.

entrada euainte

Lembre-se também que para vistos de estudante o processo pode ser mais demorado com o consulado e é importante que você inclua no seu planejamento pelo menos 6 semanas de antecedência, incluindo 4 semanas totais que podem levar para a devolução do seu passaporte. Para o visto de turista menos tempo será necessário, mas é sempre bom trabalhar com uma margem de erro para imprevistos, e para que corra tudo bem para o seu intercâmbio Estados Unidos.

Os brasileiros na liga americana de basquete

Se você vai fazer um intercâmbio nos Estados Unidos e gosta de esporte, se prepare para se acostumar com a paixão americana pelo basquete, principalmente nos grandes centros, onde as estrelas da NBA, incluindo alguns brasileiros defendem os principais times do mundo.

Brasileiros na NBA

Com um total de seis jogadores, o Brasil segue bem representado na liga de basquete mais importante do mundo. Além dos já veteranos Leandrinho Barbosa, Nenê Hilário e Anderson Varejão, Tiago Splitter vai pra sua segunda temporada, e dois estreantes chegam do draft, o armador Scott Machado e o pivô Fab Mello.

 

nba_g_barbosa7_195Com 31 anos, Leandrinho é um dos brasileiros que mais longe conseguiu ir durante sua carreira na NBA. Após anos brilhantes no Phoenix Suns, onde jogou por cerca de 7 anos, ao lado de estrelas como Steve Nash e Stoudmire, Leandrinho teve seu grande reconhecimento na temporada 2006-2007, quando foi eleito o melhor sexto homem, prêmio dado para o melhor reserva do ano, por suas atuações decisivas.

 

Anderson Varejão, que durante anos atuou ao lado da maior estrela da NBA, LeBron James, hoje se tornou um dos principais destaques da franquia Cleveland Cavaliers. Draftado no ano de 2004, o pivô brasileiro conseguiu conquistar o público que o reverencia anualmente no “Varejão Day”, quando todos os torcedores usam uma peruca em sua homenagem. Na atual temporada Verejao tem sido um grande destaque do time, e sem dúvidas um dos melhores pivôs de toda a NBA.

nene-tenta-passar-pela-marcacao-de-gasol-na-vitoria-dos-nuggets-contra-os-lakers-1325496528268_1920x1080

Outro brasileiro já veterano na NBA é  o pivô Nenê Hilário, que no ano de 2003 foi draftado por Nova York ainda no primeiro round, mas posteriormente trocado para Denver, onde conseguiu se estabelecer e alcançar a posição e titular. Antes do início da última temporada, Nenê foi trocado por Washington, onde vem tentando se estabelecer atualmente.

 

Por fim, a NBA ainda conta com o pivô Tiago Spiller, que atualmente joga em San Antonio, como reserva (e possível substituto) da consagrada estrela Tim Duncan. O armador americano-brasileiro Scott Machado estreou este ano por Houston, enquanto o pivô Fab Mello, natural de Juiz de Fora é companheiro de equipe de Leandrinho no talentoso Boston Celtics.

 

Para aqueles que gostam de esportes, a NBA é um prato cheio, que respeita o seu principal slogan: “where amazing happens” (onde o incrível acontece). Se você está fazendo um intercâmbio Estados Unidos, escolha o seu time e comece a torcer pelo sucesso do Brasil na liga.

Aprenda a surfar no seu intercâmbio para os EUA

Que os Estados Unidos é um lugar fabuloso para a pratica do surf, ninguém tem a menor dúvida. Tanto a Califórnia quanto o Havaí são alguns do destinos mais procurados por surfistas de todo o mundo. No entanto, se você gosta ou tem vontade de começar a surfar e pretende fazer o seu intercâmbio nos Estados Unidos na costa leste, aqui vão algumas dicas de onde ir.

Cocoa Beach, FL: Ninguém mais, ninguém menos que Kelly Slater aprendeu a surfar nestas ondas. Apesar de ficar cheia de turistas durante a alta temporada, você não terá que disputar ondas com muitos rivais. Durante boa parte do ano as ondas são excelentes para principiantes aprenderem os fundamentos do surf. A atmosfera na água é amigável, e o fundo da praia é de areia, tirando todos os riscos possíveis.

Corolla Beach, NC: Provavelmente o lugar mais famoso para se surfar na costa leste, o Outer Banks é sinônimo de boas ondas. Com as condições ideais as ondas podem ficar perfeitas, principalmente com um empurrãozinho dos furacões tropicais. Corolla Beach fica na parte norte do Outer Banks e oferece ondas para praticamente todos os níveis de experiência.

Sea Isle, NJ: Se o seu intercâmbio for na parte nordeste dos EUA, se prepare para visitar Sea Isle, uma das cidades com maior atmosfera de surf em todo o estado. As ondas não são grandes, mas possuem condições ideais para aqueles que ainda estão no primeiro estágio do surf. Além disso, a agradável temperatura da água durante o verão faz do local um excelente atrativo para você.

Saint Augustine, Northern FL: Tido por muitos como o melhor lugar para aprender a surfar na Flórida, St Augustine Beach pega ondas de médio porte e transforma o inchaço em quebras perfeitas sobre um fundo de areia. Você encontrará tanto surfistas experientes quanto amadores, utilizando todos os tipos de pranchas.

Robert Moses State Park, Long Island, NY: Raramente a população de NY é associada a cultura surfista, e Nova York não se posiciona como um grande destino de surf nos Estados Unidos, no entanto, se você está fazendo seu curso de inglês em NY e deseja aprender a surfar, fique tranqüilo, pois das praias de Long Island saíram alguns dos maiores nomes do surf mundial. Durante o verão, as melhores condições para principiantes se apresentam: ondas pequenas e fundo de areia.

Essas são apenas 5 destinos na costa leste onde você pode aprender a surfar durante seu intercâmbio Estados Unidos com boas condições e sem ter que enfrentar riscos, nem ter que se aventurar por fundos de pedra.

 

Los Angeles para fanáticos por esportes

Se você é fã de esportes e pretende ir morar em Los Angeles num futuro próximo para fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos e melhorar o seu nível de inglês, conheça hoje o que a cidade tem para lhe oferecer.

Apesar de contar com muitos times, Los Angeles tem um enorme ponto fraco: não possui nenhum time da NFL (futebol americano), a liga mais prestigiada do país. No passado, Los Angeles Raiders (atual Oakland) e Los Angeles Rams (atual Saint Louis) fizeram história na cidade, mas decidiram se mudar. Apesar do Oakland ainda continuar no coração de muitos dos moradores, a cidade sente falta de um time, que pode ressurgir em L.A. nos próximos 5 anos.

Porém, se você gosta muito de futebol americano, não fique triste, pois a liga universitária oferece jogos em altíssimo nível, e com uma atmosfera inigualável. Dois times representam a cidade com maestria: USC Trojans e UCLA Bruins. Ambos com bonitos estádios e muita tradição no esporte serão certeza de muita diversão para seu College Game Day.

Para os fãs de basquete Los Angeles se tornou um paraíso. Sendo lar de um dos maiores times da história, e segundo maior vencedor da NBA, o Los Angeles Lakers raramente vive maus momentos. Com um passado glorioso com jogadores como O’Neal e Magic Johnson, e com um presente de sucesso com Kobe Bryant e Paul Gasol, o futuro da equipe também parece ser promissor com a adição de craques como Dwight Howard. O Los Angeles Clippers, apesar de menor, mostra que está disposto a brigar pela sua fatia da cidade e conta com um time mais que espetacular liderado pelas estrelas Chris Paul e Blake Griffin.

Baseball raramente é um esporte que cai no gosto dos brasileiros, mas para o seu intercâmbio em Los Angeles, uma tarde em um “ball park”, comendo um cachorro quente e assistindo o melhor dos passatempos americanos pode ser um evento memorável. Os rivais Los Angeles Dodgers e Los Angeles Angels estão sempre na disputa pelos títulos de suas divisões, sendo que o último ainda dá um verdadeiro show de merchandising e simpatia, principalmente por conta de seus donos: a Disney.

Por fim, um esporte curioso e que desperta algum encanto entre os brasileiros, o hóquei no gelo conta também com dois representantes nos Estados Unidos. O Los Angeles Kings é um dos times preferidos dos rappers da cidade, e neste último ano conseguiu entrar no seleto grupo dos campeões da Stanley Cup, graças aos esforços do goaltender Jonathan Quick, eleito o melhor jogador dos play offs. O Anaheim Ducks, time que nós brasileiros conhecemos muito bem por conta dos filmes da Disney também possuei seu título e é assim como o Angels um show fora de quadra.

Os esportes podem representar um importante papel no aprendizado de inglês durante o seu intercâmbio Estados Unidos e por isso tente aproveitar o máximo essa oportunidade!

Seriados nas principais cidades americanas

Você é daquelas pessoas que adora assistir seriados americanos? Se sim, aproveite seu gosto pelas séries americanas para praticar sua fluência no idioma inglês e conhecer algumas das cidades mais interessantes, onde você poderá fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos.

 

O apartamento onde viviam os Friends

Muitos dos seriados americanos acontecem em algumas das cidades mais importantes do país, como por exemplo a franquia CSI, que contava com edições em Nova York, Miami, Los Angeles e Las Vegas. Em cada episódio você pode conhecer um pouco mais sobre a vida nessas cidades, e ver alguns dos principais pontos turísticos e atrativos.

 

No caso de Nova York, sem dúvida o seu maior embaixador foi o seriado Friends, que durante 10 anos foi um dos maiores sucessos em termos de sitcom em todo o mundo. Revezando cenários internos e externos, ao longo das temporadas você pode conhecer lugares como Rockefeller Center, Central Park, Madison Square Garden e Times Square. Além dos lugares, a vida dos protagonistas Joey, Chandler, Mônica, Rachel, Phoebe e Ross nos mostrava de forma muito bem humorada um pouco da vida na Big Apple. No entanto, a série nunca chegou a ser filmada de fato em Nova York, fazendo assim um mix entre filmagens em estúdios na Califórnia, e separados em Nova York.

 

A cidade de Miami é muito bem retratada em duas séries policiais, CSI Miami e Dexter. A primeira é sobre uma unidade especial de investigação policial, focada em solucionar os crimes mais complexos que acontecem na cidade. A segunda, um enorme sucesso no Brasil atualmente conta a história de um serial killer que trabalha para a polícia de Miami, e vive aventuras em todos os cantos da cidade.

 

Orla de Atlantic City

Entre as outras cidades retratadas em seriados, temos a Boston, na série Boston Legal. Los Angeles em Two and a half men. Atualmente, a HBO está com a terceira temporada de um seriado chamado Boardwalke Empire, que conta a história da lei seca durante o início do século XX. A trama se passa no litoral do estado de Nova York, em Atlantic City, uma cidade famosa por seus cassinos, que você pode e deve conhecer durante o seu intercâmbio Estados Unidos em NYC.