Tag Archive | esportes americanos

Aconteceu neste final de semana o All Star Game, você viu?

Os fanáticos por esportes americanos provavelmente tomaram conhecimento do grandioso evento esportivo nesse final de semana nos Estados Unidos, o All Star weekend. O jogo das estrelas da NBA é atualmente um dos pontos altos da temporada da modalidade nos EUA e ajuda a explicar um pouco da paixão que os americanos tem pelo basquete. Se você estiver fazendo um intercâmbio nos Estados Unidos, o basquete é provavelmente um dos esportes mais interessantes para acompanhar, já que a quantidade de jogos reduz o preço dos ingressos e o tamanho das arenas permite que você assista as estrelas de pertinho.

all star game basquete

A partida, chamada de All Star Game acontece desde 1951, e envolve as principais estrelas da conferência leste contra a conferência oeste. Os titulares são definidos através de voto popular, enquanto os reservas são escolhidos através dos votos do treinadores de cada equipe. Os técnicos selecionados são os que somam mais vitórias até a semana do All Star Game em cada conferência, sendo que um treinador não pode ser escolhido dois anos consecutivos.

 

O final de semana todo segue o branding da NBA, caracterizado pelo slogan “Where amazing happens” (onde o espetacular acontece). Na sexta feira começa o final de semana com o confronto entre os calouros e jogadores no segundo ano da NBA. Para promover o Fantasy Game, as regras mudaram neste ano, com dois treinadores honorários (este ano tivemos Shaquille O’Neal contra Charles Barkley) fazendo escolhas no estilo do draft do jogo. No sábado acontece um dos eventos mais famosos de todo o final de semana, o Slum Dunk Contest (torneio de enterradas). Ano após ano os jogadores inovam de forma espetacular a competição, pulando carros, fazendo malabarismo ou saltando pessoas. Além disso acontece também a disputa de arremessos de 3 pontos e desafio de habilidades.

concurso de enterradas

No domingo acontece a partida principal entre as estrelas de cada conferência. O jogo costuma ser diferente, por ter caráter festivo, envolvendo placares muito maiores que as partidas oficiais e priorizando sempre o ataque. As jogadas costumam priorizar o espetacular, com enterradas pitorescas, passes mirabolantes e jogadas de malabarismo. Além disso, os treinadores dão tempo de quadra parecido para que os reservas possam participar de forma mais ativa do jogo. No intervalo costumam acontecer shows para animar o publico e promover ainda mais o evento.

 

Com o objetivo de promover a marca NBA e atrair mais fãs para os jogos o All Star Game é um verdadeiro sucesso mundial, sendo possivelmente o mais bem sucedido nos EUA (muito superior ao All Star da MLB e o Pro Bowl da NFL). Não se trata somente da competição em si, mas também da diversão e da promoção e ênfase de um dos grandes atrativos da liga que é o espetacular e mirabolante.

Dia de Superbowl nos EUA

Acontece hoje a grande final de futebol americano nos Estados Unidos. Depois de 4 longos meses de jogos na temporada regular e mais um de play offs , os dois grandes finalistas campeões da Liga Americana e Liga Nacional se enfrentam em uma final que já está para a história. Se você pretende fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, conheça um pouco mais sobre o dia mais importante dos esportes no país.

superbowl

O jogo foi criado nos anos 60 para definir o verdadeiro campeão nacional entre as duas ligas rivais NFL e AFL, antes da fusão em 1970. A partir de 70, as ligas se transformaram em conferências (AFC, e NFC), havendo um realinhamento dos times, seguido de uma expansão.

 

Os números do Superbowl são astronômicos, sendo em termos de publicidade o evento mais caro do mundo há muitos anos. Boa parte das empresas se preparam ao longo do ano para lançar um comercial especifico para o intervalo da partida. Os intervalos são acompanhados pelos americanos com tanto entusiasmo quanto o jogo. Em termos de consumo, a grande final fica apenas atrás do Thanks Giving Day nos Estados Unidos.

 

Beyonce irá comandar o espetáculo do intervalo neste ano

Beyonce irá comandar o espetáculo do intervalo neste ano

Para os americanos, assistir ao Superbowl, mesmo que o seu time não esteja jogando é um evento respeitável. A maioria das famílias gosta de se reunir com amigos e fazer um churrasco, regado a hamburger, cachorro quente, cerveja e muitos petiscos para acompanhar o duelo dos dois melhores times do ano. Geralmente as famílias se reúnem por volta do almoço, quando as transmissões nos canais esportivos se iniciam. Para as mulheres cabe preparar parte dos lanches, enquanto os homens se distraem com a bola de futebol americano, comandando a churrasqueira, e comentando sobre o jogo enquanto bebem cerveja.

churrasco superbowl

Se você estiver no Brasil, poderá assistir ao Superbowl através do canal Esporte Interativo, que fará a transmissão via parabólica, internet e 3g. Nos canais por assinatura ESPN e ESPN+ você poderá curtir a cobertura completa dos eventos, inclusive assistindo no idioma original, em inglês, para já ir se preparando para o seu intercâmbio Estados Unidos.

Os brasileiros na liga americana de basquete

Se você vai fazer um intercâmbio nos Estados Unidos e gosta de esporte, se prepare para se acostumar com a paixão americana pelo basquete, principalmente nos grandes centros, onde as estrelas da NBA, incluindo alguns brasileiros defendem os principais times do mundo.

Brasileiros na NBA

Com um total de seis jogadores, o Brasil segue bem representado na liga de basquete mais importante do mundo. Além dos já veteranos Leandrinho Barbosa, Nenê Hilário e Anderson Varejão, Tiago Splitter vai pra sua segunda temporada, e dois estreantes chegam do draft, o armador Scott Machado e o pivô Fab Mello.

 

nba_g_barbosa7_195Com 31 anos, Leandrinho é um dos brasileiros que mais longe conseguiu ir durante sua carreira na NBA. Após anos brilhantes no Phoenix Suns, onde jogou por cerca de 7 anos, ao lado de estrelas como Steve Nash e Stoudmire, Leandrinho teve seu grande reconhecimento na temporada 2006-2007, quando foi eleito o melhor sexto homem, prêmio dado para o melhor reserva do ano, por suas atuações decisivas.

 

Anderson Varejão, que durante anos atuou ao lado da maior estrela da NBA, LeBron James, hoje se tornou um dos principais destaques da franquia Cleveland Cavaliers. Draftado no ano de 2004, o pivô brasileiro conseguiu conquistar o público que o reverencia anualmente no “Varejão Day”, quando todos os torcedores usam uma peruca em sua homenagem. Na atual temporada Verejao tem sido um grande destaque do time, e sem dúvidas um dos melhores pivôs de toda a NBA.

nene-tenta-passar-pela-marcacao-de-gasol-na-vitoria-dos-nuggets-contra-os-lakers-1325496528268_1920x1080

Outro brasileiro já veterano na NBA é  o pivô Nenê Hilário, que no ano de 2003 foi draftado por Nova York ainda no primeiro round, mas posteriormente trocado para Denver, onde conseguiu se estabelecer e alcançar a posição e titular. Antes do início da última temporada, Nenê foi trocado por Washington, onde vem tentando se estabelecer atualmente.

 

Por fim, a NBA ainda conta com o pivô Tiago Spiller, que atualmente joga em San Antonio, como reserva (e possível substituto) da consagrada estrela Tim Duncan. O armador americano-brasileiro Scott Machado estreou este ano por Houston, enquanto o pivô Fab Mello, natural de Juiz de Fora é companheiro de equipe de Leandrinho no talentoso Boston Celtics.

 

Para aqueles que gostam de esportes, a NBA é um prato cheio, que respeita o seu principal slogan: “where amazing happens” (onde o incrível acontece). Se você está fazendo um intercâmbio Estados Unidos, escolha o seu time e comece a torcer pelo sucesso do Brasil na liga.

Os crescimento dos esportes norte americanos no Brasil

Para os apaixonados por esportes norte americanos, uma boa notícia vem sendo o crescimento das principais modalidades no Brasil. Se você deseja fazer um intercâmbio para Canadá ou nos Estados Unidos, e é apaixonado por esportes americanos, aproveite a oportunidade para praticar e aprender um pouco mais sobre as modalidades.

 

Em 2012 vimos a volta do Basquete brasileiro para  as olimpíadas

Em 2012 vimos a volta do Basquete brasileiro para as olimpíadas

Enquanto o nosso basquete conseguiu seu grande retorno nas olimpíadas de Londres, encabeçado pelos astros da NBA Anderson Varejão, Leandro Barbosa e Thiago Spiller, a nossa seleção de Baseball também fez história ao conseguir duas vitórias contra a seleção panamenha, garantindo a sua classificação no World Baseball Classic, o mundial de baseball que conta com a participação das grandes estrelas da liga americana, a MLB.

 

Na principal modalidade americana, o Futebol Americano, o Brasil vem vivendo um momento mais do que único. Durante muitos anos as ligas de Flag Football, uma modalidade onde não há contato, e as ligas de areia do Rio de Janeiro dominaram o esporte. Porém com o aumento do interesse dos brasileiros, a modalidade conseguiu se difundir e ser praticada por mais jogadores, provocando a expansão e a criação de novas ligas e times.

 

Nossa seleção de Baseball conseguiu história ao bater duas vezes o Panamá

Nossa seleção de Baseball conseguiu história ao bater duas vezes o Panamá

Há cerca de 6 anos atrás o Brasil testemunhava o primeiro jogo de futebol americano oficial com Full Gear (equipamento completo incluindo proteções corporais e capacetes) e árbitros. Surgia ali a primeira página na história do futebol americano brasileiro. Hoje em dia, o Brasil já conta com dois campeonatos diferentes, a LBFA e o Torneio Touchdown, comandado pelo grande embaixador do esporte no país, André Adler.

 

O Torneio Touchdown, que acontece desde 2009, conta já com 18 equipes espalhadas por todo o país. O mais interessante dos times, no entanto, é o apoio que muitos recebem dos grandes clubes de futebol do país como Botafogo, Corinthians, Vasco da Gama e Palmeiras.

futebol americano no brasil

Além de ser uma ótima oportunidade para você fazer amigos durante o seu intercâmbio no Canadá, conhecer e tentar praticar os esportes norte americanos lhe ajudará a ampliar seu vocabulário, aumentar sua imersão no país de destino. E claro, quando você retornar para o Brasil, haverá campo de sobra para demonstrar as habilidades aprendidas no exterior!

Entre na cultura dos esportes americanos!

Se você vai fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, é importante tentar entrar de forma profunda na cultura do país, tanto para o seu aprendizado, quanto como forma social de fazer amigos. Uma das melhores formas de praticar o seu inglês e viver um pouco da famosa cultura americana é através dos esportes, uma paixão de quase toda família americana.

 

Em geral, os americanos não valorizam tanto o nosso futebol (conhecido como soccer por eles), ficando este mais restrito para mulheres. Diferente de nós brasileiros, que somos muito apaixonados pelo futebol, e com algum gosto para tênis, formula 1 e MMA, os americanos, por outro lado, cultuam modalidades variadas, sendo que muitas cidades possuem vários times de cada esporte.

 

A primeira na lista de preferência é o futebol americano, esporte que teve estrondoso crescimento ao longo da segunda metade do século XX, quando a liga NFL foi formada. A liga conta com um total de 32 times, divididos em duas conferências (NFC e AFC), que por sua vez se distribuem em divisões (norte, sul, leste, oeste), ao longo de 31 cidades americanas (Nova York conta com dois times). Os estádios são os maiores e mais modernos do país, contando com uma média de público incrível, que nos da uma idéia da paixão dos torcedores. Os jogos acontecem as quintas, domingos e segundas na temporada regular que vai de setembro a janeiro, seguidos de jogos sábados e domingos nos play offs, até o Superbowl, que acontece em fevereiro.

O segundo esporte mais querido da terra do Tio Sam é o Baseball, esporte que para nós brasileiros soa um pouco tedioso, por não possuir nenhuma semelhança com as modalidades que estamos acostumados a ver. No entanto, quem acompanha o esporte garante que emoção é o que não falta. No total, 30 times se dividem em duas ligas (NL e AL), com 3 divisões (leste, oeste, central), em 27 cidades diferentes (2 times em Nova York, Los Angeles e Chicago). Ao contrário da NFL, a MLB possui um time estrangeiro, o Toronto Blue Jays.

O terceiro na lista é o Basquete, representado pela sensacional NBA. Mesmo atrás na concorrência contra a NFL e MLB, a NBA achou seu espaço fazendo-se valer da liga dos espetáculo (slogan “where amazing happens”). Diferente dos jogadores da NFL e MLB, os atletas da NBA são tratados como celebridades de Hollywood, devido ao excelente trabalho de exploração da imagem dos atletas feito pela liga. No total 30 times se dividem em conferência leste e oeste, que se dividem entre regiões do país. Assim como a MLB, a NBA também conta com um time do Canadá, o Toronto Raptors.

Além dos 3 principais esportes, os americanos ainda acompanham muito o Hockey no gelo, categorias automobilísticas (Indy e Nascar) e os tradicionais esportes universitários, que possuem tanta popularidade quanto os esportes profissionais nas zonas onde as universidades estão localizadas. Por isso, aproveite seu intercâmbio Estados Unidos para conhecer um pouco mais da cultura americana e se surpreender e emocionar com as diferentes modalidades.

Viva a cultura esportiva dos EUA durante seu intercâmbio

Para os amantes de esportes que desejam estudar inglês nos Estados Unidos, se preparem: o que não vai faltar durante este intercâmbio serão oportunidades para assistir partidas dos mais variados esportes e viver a enorme diversidade de modalidades dos EUA, coisa que nós brasileiros estamos pouquíssimos acostumados.

 

A preferência nacional dos americanos é nitidamente a NFL, com números que superam todos as demais modalidades e ainda com um modelo de gestão e marketing extremamente modernos. O grande problema da NFL, no entanto, é que ao longo do ano cada time joga somente 15 partidas da temporada regular, e no máximo, mais 4 da temporada de play offs. Por conta de poucos jogos disputados por cada time, o preço dos ingressos tende a subir, sendo que atualmente a média gira em torno de 84 USD. No entanto, apesar do alto valor dos ingressos, a experiência é inesquecível, principalmente pela paixão e dedicação dos torcedores, a intensidade do esporte e toda a questão cultural das partidas, que inclui até o tradicional churrasco americano (barbecue) no estacionamento do estádio antes das partidas.

Nova York é a cidade com os ingressos mais caros dos EUA

Com preços muito mais acessíveis, a liga de Baseball, MLB, oferece inúmeras oportunidades, com partidas praticamente todos os dias. Por ser um esporte com muito menos desgaste físico, os times podem jogar até 2 partidas no mesmo dia. O fato da temporada regular contar com mais de 160 jogos, se você perder uma partida, fatalmente conseguirá encontrar bilhete para uma próxima no dia seguinte. Além disso, os valores são extremamente acessíveis, sendo que com 20 USD você pode assistir uma partida e comer um delicioso hot dog americano.

 

Terceiro e quarto na preferência dos americanos, muitos times de Hockey e Basquete dividem as mesmas arenas e possuem preços semelhantes. A NBA aparece com a maior discrepância entre equipes, com o NY Knicks cobrando média de 120 USD e o Memphis Grizzlies cobrando média de 25 USD. A NHL oferece bons preços e você pode assistir muitos jogos tanto nos Estados Unidos quanto no Canadá pela bagatela de 20 USD. Tanto as partidas da NBA e NHL são muito interessantes de se assistir, pelo dinamismo das modalidades e pelo envolvimento dos torcedores com os momentos das partidas.

Os amantes dos esportes podem entrar de cabeça na imersão proporcionada por um intercâmbio nos Estados Unidos assistindo partidas das famosas grandes ligas e tentando se envolver no cotidiano das equipes, utilizando isso como uma ótima forma para praticar o inglês também.