Tag Archive | cursos de inglês

Dez atrações Imperdíveis de Vancouver

Assim como fizemos com Toronto, apresentamos um TOP 10 de atrações de Vancouver para pessoas que querem viver ou conhecer a cidade fazendo um intercâmbio no Canadá. Confira:

  •  Galeria de Arte de Vancouver: Assim como a maioria das grandes cidades do mundo, Vancouver possui seu museu de arte. Situado em um edifício neoclássico, o museu inclui obras da prestigiada artista canadense Emily Carr.
  • Chinatown: Cruze o Milenium Gate e explore esse colorido bairro, rico em cultura chinesa. Não se esqueça de comer a autêntica comida chinesa em um dos muitos restaurantes.

Intercâmbio em Vancouver

  • Ilha Granville: Antiga região industrial da cidade, atualmente se encontra repleta de lojas, galerias e mercados. Pelo menos uma tarde deve ser dedicada à visita da península. No principal mercado da região você pode comprar diversos itens para um piquenique.
  • Gastown: Você pode não saber, mas Vancouver começou em um bar, erguido por “Gassy” Jack Deighton! A região mais antiga da cidade preserva ainda suas raízes com excelentes pubs e bares, e um ar extremamente charmoso que definitivamente valem a visita.
  • Jardins Chineses Dr. Sun Yat-Sem: Esse autêntico santuário,  no coração da cidade, foi o primeiro jardim chinês feito fora da China. A perfeita harmonia entre rochas, água, plantas e arquitetura transmitem uma sensação única de paz e conforto para seus visitantes.
  • Praia Kitsilano: Pode parecer esquisito ir para Vancouver para desfrutar de praias, mas Kits é uma das opções preferidas dos moradores da cidade. A revista Forbes traveler elegeu a praia como uma das mais “quentes” da América do norte, junto com a renomada South Beach de Miami, e Cabo San Luca no México.
  • Canadá Place: Uma das construções mais incríveis de Vancouver, o Canadá Place é o centro de convenções da cidade. Essa maravilha arquitetônica é também o lugar ideal para admirar a vista de tirar o fôlego de Vancouver e suas montanhas.
  • Ponte Suspensa Capilano: Localizada na região norte de Vancouver, a travessia da ponte é uma verdadeira aventura, com uma extensão de 137 e suspensa a mais de 70 metros do rio Capilano.

Intercâmbio para Canadá

  • Grouse Mountain: A 15 minutos do centro da cidade, essa cadeia de montanhas de 1200m de altura é um dos cartões postais da cidade. Atrações não faltarão durante todo o ano, com muito esqui na neve no inverno e opções de caminhada, escalada e tirolesa no verão.
  • Stanley Park: Revitalizante. O maior parque urbano do Canadá oferece muito ar puro, cenário arborizado e opções de lazer para todas as idades dentro dos seus mais de 1000 acres de extensão. Para pessoas que querem fazer um intercâmbio para o Canadá, rotineiramente é uma excelente opção de descanso e relaxamento ao ar livre.
Anúncios

As Cataratas do Niagara

Um dos principais cartões postais canadenses são as cataratas do Niágara (Niagara Falls), localizadas exatamente na fronteira entre Estados Unidos e Canadá. Para aqueles que pretendem estudar ou fazer um intercâmbio no Canadá, em especial em Toronto, a visita as cataratas é praticamente obrigatória.

Cataratas de Niagara

Separando o estado de Nova Iorque da província de Ontário, as cataratas do Niágara ficam a 110 quilômetros de Toronto, e estão muito bem conectadas com a cidade, através de trens e ônibus. O conjunto está dividido por 3 grupos de quedas diferentes, a Bridal Veil falls (véu da noiva, relativamente pequena), American Falls (localizada no lado americano, média) e Horseshoe Falls (ferradura, e principal queda). Apesar de não serem muito altas (cerca de 50 metros), a largura das quedas determina o imenso volume de água, fazendo de Niagara Falls a campeã mundial no quesito volume de água (2407 m3 por segundo). As cataratas têm um impacto fortíssimo no turismo de ambos os países, e representa também um forte potencial energético. Por toda sua magnitude, Niagara falls atraiu ao longo dos anos muitos corajosos que buscavam autopromoção e fama. Alguns cruzaram as cataratas fazendo funambulismo, outros em objetos como barris, caiaques e jet-skis. A taxa de sucesso dessas aventuras é de aproximadamente 75% e você pode conferir algumas mirabolantes histórias em mais detalhes aqui.

O período de maior fluxo de turistas se dá na primavera e no verão, e o ideal é sempre conferir a previsão do tempo para pegar um dia de sol e conseguir tirar as melhores fotos. Além da beleza das cataratas, toda a região compõe um belo atrativo para todo um dia, podendo incluir museus, passeios variados (vista de helicóptero, passeio de barco, e etc.). Um dos mais interessantes é o Journey behind the falls (viagem por trás das cataratas em português), que custa cerca de C$14, e leva você através de um túnel por dentro das cataratas (uso de capa de chuva é praticamente obrigatório se você não quer sair ensopado!). Para chegar ao lado americano das cataratas basta cruzar uma ponte, porém se você deseja visitar essa outra parte precisará não só do passaporte, mas também do visto americano.

Por seu fácil acesso, sua importância para o povo canadense, sua fama e, sobretudo por sua beleza, as Cataratas do Niágara merecem uma visita. A certeza de ver algo completamente diferente durante seu intercâmbio para o Canadá, as bonitas fotos, e a lembrança de uma das maravilhas naturais do nosso mundo fazem valer a pena esse passeio.

Estudar e trabalhar no Canadá

Uma excelente maneira de aprender inglês no exterior é conciliando o programa de estudos com uma experiência profissional. Se você deseja fazer um intercâmbio para o Canadá, possui boa disponibilidade de tempo e sonha em imergir na cultura do país, essa é sem dúvida uma excelente opção.

O governo canadense oferece duas opções diferentes para os estudantes estrangeiros que desejam trabalhar e estudar no país. A primeira é a opção de estudar inglês e ter um trabalho remunerado. Já a segunda envolve estudar inglês e fazer um estágio (internship) na sua area de formação acadêmica, mas sem remuneração. Ambas as opções possuem pré-requisitos, vantagens e desvantagens, e antes de se inscrever em um programa, o intercambista deve pesquisar ao máximo e se possível buscar contato com pessoas que já foram e que também estão por lá.

Inglês + trabalho remunerado

trabalhe no canadáEsse programa permite que o intercambista estude inglês durante um período de tempo e após o término das aulas comece a trabalhar em areas específicas como hotelaria, restaurantes, estações de esqui, lojas variadas e etc. A grande vantagem desse programa é que o estudante poderá ter um trabalho remunerado durante uma parte do intercâmbio, auxiliando assim nos custos. Por outro lado os trabalhos oferecidos muitas vezes são mais simples, como aluguel de equipamento de esqui, lavagem de pratos, garçom e etc.

Inglês + Estágio não remunerado

Estágio no CanadáEsta opção permite que o estudante faça um curso de inglês durante um período de tempo e depois inicie um estágio voltado para sua area de formação, como por exemplo: marketing, engenharia, administração de empresas, TI, finanças, turismo e etc. A principal vantagem desse programa é a experiência profissional no exterior, que garante ao aluno um grande diferencial no currículo, além do aprendizado em uma cultura de trabalho muito diferente da nossa. A principal desvantagem por outro lado é a não remuneração, que pode atrapalhar intercâmbios mais longos.

Se você deseja fazer um intercâmbio no Canadá, conciliando estudo com trabalho, tenha em mente que cada opção oferecida possui pré-requisitos quanto ao nível de inglês, duração, datas de início, idade, destino e etc. Lembre-se também que os intercâmbios não são feitos para ganhar dinheiro, e sim para viver uma experiência cultural e de aprendizado em outro país.

O verão no Canadá

Nós brasileiros estamos sempre acostumados a associar o Canadá com muito frio, montanhas encobertas por neve e estações de esqui. O que não conhecemos, no entanto, é a beleza e diversicdade do verão anadense, que atrai milhares de turistas todos os anos e estudantes que desejam fazer um intercâmbio no Canadá.

Apesar de ter início em junho, oficialmente no dia 21, não há uma data específica para que as agradáveis temperaturas cheguem, e muitas vezes os períodos de chuva da primavera podem invadir o começo do verão. Porém do final de junho até os últimos dias de agosto todo o país entra no espírito de verão, com muitos festivais, eventos ao ar livre, competições, passeios e até piqueniques coletivos.

Canadá

Por ser um país de dimensões continentais o verão é bastante diversificado no Canadá. As cidades que possuem o clima mais parecido com o nosso (quente e úmido, apesar das temperaturas raramente subirem acima de 30°C) são as mais centrais, como Toronto e Montreal. Na costa oeste apesar de fazer calor, o clima menos úmido torna os dias menos quentes, com noites mais frias principalmente por causa dos fortes ventos, como é o caso de Vancouver. Na região norte do país, obviamente o verão não chega a ser uma estação de calor, com temperaturas girando em torno dos 16°C, mas de qualquer forma está longe dos congelantes graus negativos dos outros meses do ano.

Um dos pontos altos do verão canadense é sem dúvida a quantidade de horas de iluminação solar por dia. Em geral, enquanto no Brasil estamos acostumados com o pôr do sol no máximo às 8 da noite durante o nosso verão, no Canadá às 8 da noite o dia segue como se fosse 3 horas da tarde, com pôr do sol por volta das 9 e 30, em média. Essa condição faz com que muitas pessoas que saem do trabalho as 5 ou as 6 possam aproveitar boa parte do dia, indo a praias, lagos, parques e etc. Para intercambistas ou turistas, significa que você pode acordar ao meio dia sem o remorso de ter jogado fora um dia de sol.

O verão canadense é um dos muitos pontos altos do país, com muitas cores, temperaturas agradáveis e eventos. Seja viajando a passeio ou fazendo um intercâmbio para o Canadá, você irá desfrutar de uma charmosa estação, sem muito frio, nem calor infernal.

Filmes rodados no Canadá

Se você pretende fazer um intercâmbio para o Canadá ou talvez apenas ir como turista, não se surpreenda se caminhando por uma ou outra rua encontrar uma famosa celebridade americana, se deparar com um set de filmagens, ou ter uma sensação de deja vu.  Há não muito tempo os produtores de Hollywood descobriram que Toronto é a melhor dublê que existe para Nova Iorque, enquanto Vancouver pode representar boa parte das cidades do mundo (dependendo dos ângulos usados), e Calgary se passa facilmente por uma cidade da costa oeste americana, e as três juntas já somam mais de 200 filmes rodados em suas ruas.

Mesmo com todas as vantagens, tecnologia e facilidades oferecidas no sul californiano, por que tantas produções decidem então se aventurar pelas ruas do vizinho do norte?  A resposta se reduz a somente uma palavra: dinheiro. Enquanto nos Estados Unidos há uma série de regulamentações em relação às horas extras de filmagens, tomadas exteriores, e pagamento de taxas, o governo canadense é muito mais generoso, oferecendo diversos incentivos, como abatimento de taxas e financiamento. Além disso, os vantajosos dólares canadenses também são um importante atrativo. As produções, no entanto, precisam preencher alguns requisitos, como por exemplo, possuir um produtor, roteirista, diretor ou estrela canadense.

E quais são então esses filmes rodados no Canadá?

Como já dito antes, muitos filmes são rodados nas três cidades citadas, e levaríamos um dia todo listando um por um. Vamos falar aqui dos mais recentes.

Crepúsculo CanadáCrepúsculo: Lua Nova – Eclipse – Amanhecer

Sucesso total entre os adolescentes, Vancouver venceu uma difícil batalha com Portland como local de filmagem, e ficou com 4 dos 5 filmes da série.

 

X-Men Origens: Wolverine

Derivado da série X-Men, o filme volta ao passado e conta a história de um dos seus mais famosos personagens. As filmagens se dividem entre Canadá, Austrália e Nova Zelândia, mas Vancouver está presente em muitas cenas do filme.

Eu, Robô

Inspirado na obra de Isaac Asimov, Vancouver na verdade representa as ruas de Chicago no ano de 2035, onde um policial tenta desvendar uma conspiração por trás de um assassinato.

Inúmeros outros filmes e séries foram filmados em Vancouver e outras cidades canadenses, e para aqueles que querem fazer um intercâmbio no Canadá, vale a pena conferir e pesquisar alguns dos principais títulos.

x men em Vancouver

Você pode até não reconhecer agora, mas este edifício tem uma presença importante no filme X-Men 3.

 

Vistos para o Canadá

Sempre que vamos viajar ao exterior temos que nos perguntar se precisamos de visto, e que tipo de visto é necessário para nossa viagem. Os estudantes que desejam fazer um intercâmbio para o Canadá devem sim solicitar o visto, independente da duração do curso.

Para os estudantes que desejam fazer cursos de idiomas e ficar no país por pelo menos 6 meses (24 semanas) o visto de turista é a melhor alternativa. Esse visto pode ser solicitado diretamente ao Consulado Geral do Canadá, localizado em São Paulo. O próprio consulado recomenda que o pedido seja feito através de uma agência especializada ou despachante, mas a decisão final é do solicitante, que pode fazê-lo também presencialmente de segunda a quinta-feira, das 9:30 às 11:00 da manhã (o agendamento é obrigatório!). Tome cuidado, pois o visto pode demorar algum tempo para ser emitido e, por isso, é recomendável que o pedido seja feito com pelo menos 1 mês de antecedência.  Além disso, é ideal seguir algumas dicas importantes para não correr o risco de ter seu visto negado. No blog SuperNatrual.com você encontrará informações importantes que o Consulado leva em consideração antes de emitir ou negar um visto.

Para estudantes que pretendem ficar no Canadá por mais de 6 meses (24 semanas), um visto de estudos deve ser solicitado. Para solicitar esse visto, o estudante necessita apresentar uma carta de aceitação, geralmente enviada pela escola após o recebimento do pagamento. Além disso, todos os solicitantes deverão também fazer um exame médico, feito por um profissional credenciado pelo consulado. Para esse visto é altamente recomendado dar entrada ao processo através de algum despachante ou empresa especializada, e a solicitação deve ser feita com pelo menos 2 meses de antecedência. Neste link você pode conferir a lista de documentos exigidos pelo consulado para solicitação do visto.

intercambio para o canadá

Antes de dar entrada no pedido de visto para um intercâmbio no Canadá, sempre consulte o site oficial do consulado para verificar se houve alguma mudança recente nas regras ou documentação, e tenha em mente que quanto mais documentos você for capaz de fornecer, maior será sua chance de obter o visto.