Archive | outubro 2012

5 motivos para fazer seu intercâmbio em Boston

Normalmente não é a primeira opção das pessoas que buscam fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, já que Miami, Los Angeles e Nova York costumam ser mais atrativas. Porém, Boston reúne uma série de características que tornará a sua experiência no exterior inesquecível.

Primeiro, mesmo que você não seja um apaixonado pela arquitetura da cidade, o cenário que Boston oferece é de deixar qualquer um boquiaberto com seus lindos edifícios, fontes e jardins. A variedade arquitetônica é tão grande, que você encontrará algo diferente em cada esquina, e você não precisa ser um arquiteto ou urbanista para descobrir a beleza das ruas da cidade.

Provavelmente a atração mais popular da cidade é a trilha conhecida como Freedom Trail, com 2.5 milhas de extensão, e cobrindo boa parte do centro da cidade. No total, a trilha passa por 16 pontos históricos bem marcados e descritos e placas. Mesmo que você não seja um grande conhecer de história, você aprenderá muito e se divertirá seguindo a trilha. Lembre de levar a maquina fotográfica, pois no caminho você encontrará algumas das melhores atrações da cidade.

Se você nunca esteve em Boston antes, o Quincy Market e o Faneul Hall Marketplace são paradas obrigatórias. Repleto de vendedores de comidas, restaurantes, lojas e barracas, ambos são lugares sempre cheios de vida, acessíveis e interessantes para se ver. Além disso, você encontrará também algumas das principais lojas da cidade, como Ann Taylor, Coach, Guess, etc.

Outro ponto alto da cidade é a facilidade de locomoção. A Freedom Trail é apenas uma amostra de como você pode passear pela cidade somente caminhando. Além da facilidade de se caminhar pela cidade, o sistema público de trens (conhecido como T) é fácil de usar, barato e cobre boa parte de Boston. Os preços começam com $2 para bilhetes simples, $11 para o bilhete ilimitado de um dia, e $18 para o de uma semana. Você pode conferir as tarifas neste site para se planejar melhor.

Por fim, a qualidade da comida da cidade deixará você completamente apaixonado. Se você gosta de comida italiana, que tal visitar a Little Itlay, ao norte da cidade. Se você quer comida chinês,a que tal ir em Chinatown? Boston oferece tudo que você precisa para o seu intercâmbio Estados Unidos.

Anúncios

Os prós e contras de um intercâmbio no exterior

Largar tudo para ir morar no exterior não é uma decisão fácil e que se toma do dia para a noite. Costumeiramente ouvimos falar sobre os inúmeros benefícios de aprender um idioma fora do país, e hoje vamos tentar levantar um pouco dos prós e contras para você que está interessado em fazer um intercâmbio para os Estados Unidos ou qualquer outro país.

Primeiramente, vamos tratar da questão do aprendizado do idioma. É óbvio, e de conhecimento geral que o seu progresso em uma língua acontecerá de forma muito mais rápida se você estiver praticando diariamente. Porém, mesmo que você faça aulas de inglês todos os dias aqui no Brasil, estude todas as tardes, você será incapaz de acumular os benefícios de ir para o exterior aprender o idioma. Isso por que mesmo estudando e se dedicando fielmente, você não estará vivendo em um ambiente de um só idioma, e seu cérebro não irá assimilar esse idioma de forma completa. Em um ambiente de imersão, pelo contrário, você estará falando inglês basicamente o dia todo, em todas as situações, e mais, dependendo disso para manter a sua vida. Em um supermercado, no metrô, pedindo comida em um restaurante, basicamente tudo que você tem que fazer necessitará o uso do idioma, e isso é o que faz o seu aprendizado ser tão rápido.

Outro ponto alto de um intercâmbio são os novos amigos que você fará. Claro que em um curso de idiomas no Brasil você também conhecerá pessoas diferentes e que podem até se tornar amigos. Porém você nunca encontrará pessoas em situações extremamente semelhantes a sua, longe dos amigos, da família, e enfrentando todas as dificuldades que você enfrentará. Esse cenário irá proporcionar um elo de amizade entre você e seus colegas, que transformará a relação de vocês em algo muito mais forte do que apenas “amigos de turma”. Além disso, seus colegas vão ser de diversos países diferentes, com culturas e histórias diferentes para lhe contar.

No entanto, nem tudo são flores em um intercâmbio, e você precisará estar pronto para enfrentar os problemas que surgirão. No exterior, você estará sozinho e não terá como contar com a ajuda de parentes e amigos (de certa forma). Outra contra de um intercâmbio é a distância, principalmente com familiares e em namoros, que acaba prejudicando, mas não significando o fim definitivo, uma vez que diversos casais conseguem superar esse momento de forma relativamente tranqüila.

Por incrível que pareça, em termos de investimentos os intercâmbios saem mais baratos que os cursos de idiomas no Brasil. Para você conseguir chegar ao nível equivalente de 3 meses de estudos de inglês nos Estados Unidos, você precisará se dedicar muito no Brasil e fazer muitas aulas, o que custará bastante dinheiro, e dificilmente será uma experiência significativa e inesquecível como um intercâmbio no exterior.

5 motivos para visitar Atlantic City

Você já assistiu ao seriado Boardwalk Empire? Se sim você conhece a Atlantic City dos anos 20. Que tal então conhecer a nova Atlantic City durante o seu intercâmbio nos Estados Unidos, um dos melhores destinos turísticos nos arredores de Nova York?

Por que conhecer Atlantic City? Aqui vão 5 bons motivos

 

Boardwalk: A boardwalk, ou orla de Atlantic City oferece inúmeras opções de entretenimento e lazer, tanto para famílias, quanto para adultos. Com 3 milhas de distância, e vista para o oceano e alguns dos melhores restaurantes da cidade. Na orla você pode também conhecer o famoso museu Ripley’s Believe it or Not. Se você não está muito afim de caminhar, sinta-se a vontade para alugar uma bicicleta e fazer o trajeto com a brisa marinha contra o rosto.

A praia: Um ótimo lugar para você relaxar durante seu passeio em Atlantic City é a praia da cidade. Você pode alugar barracas e cadeiras, mas tenha em mente que nos dias de sol aos finais de semana a praia fica bem cheia. Há guarda vidas de plantão até a hora em que a praia fecha para que você se sinta mais tranqüilo de nadar nas águas do atlântico norte.

 

 

Os Outlets: conhecido como The Walk, e com mais de 100 lojas de outlets, incluindo Coach, American Eagle, Calvin Klein, Nike, H&M e muitas outras, Atlantic City oferece inúmeras opções para você torrar todas as suas economias com consciência e sabendo que estará pagando um valor abaixo do mercado, principalmente se comparamos com os preços brasileiros.

 

Coupons e descontos: Praticamente todos os hotéis e agências de viagens oferecem algo grátis para você em Atlantic City. As vezes pode ser bônus para cassinos, as vezes uma boa refeição em algum restaurante com comida a vontade, ou a entrada para alguma atração ou show que esteja acontecendo na cidade. Mas saiba que durante sua estadia em Atlantic City, se você quiser, algo sairá grátis.

 

Restaurantes e Entretenimento: Por fim, o que Atlantic City tem de melhor para oferecer para seus visitantes. A qualidade da comida, onde você pode comer como se fosse um verdadeiro rei, e toda a adrenalina e agito dos maiores cassinos do estado de Nova Jérsei. Você pode jogar poker, black jack, roleta e uma infinidade de máquinas caça nickel, e ainda desfrutar de drinks de qualidade preparados na hora.

Chegar em Atlantic City partindo de Nova York é extremamente simples, e neste site você encontra todos os detalhes necessários para incluir esta maravilhosa cidade no roteiro do seu intercâmbio Estados Unidos.

Seriados nas principais cidades americanas

Você é daquelas pessoas que adora assistir seriados americanos? Se sim, aproveite seu gosto pelas séries americanas para praticar sua fluência no idioma inglês e conhecer algumas das cidades mais interessantes, onde você poderá fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos.

 

O apartamento onde viviam os Friends

Muitos dos seriados americanos acontecem em algumas das cidades mais importantes do país, como por exemplo a franquia CSI, que contava com edições em Nova York, Miami, Los Angeles e Las Vegas. Em cada episódio você pode conhecer um pouco mais sobre a vida nessas cidades, e ver alguns dos principais pontos turísticos e atrativos.

 

No caso de Nova York, sem dúvida o seu maior embaixador foi o seriado Friends, que durante 10 anos foi um dos maiores sucessos em termos de sitcom em todo o mundo. Revezando cenários internos e externos, ao longo das temporadas você pode conhecer lugares como Rockefeller Center, Central Park, Madison Square Garden e Times Square. Além dos lugares, a vida dos protagonistas Joey, Chandler, Mônica, Rachel, Phoebe e Ross nos mostrava de forma muito bem humorada um pouco da vida na Big Apple. No entanto, a série nunca chegou a ser filmada de fato em Nova York, fazendo assim um mix entre filmagens em estúdios na Califórnia, e separados em Nova York.

 

A cidade de Miami é muito bem retratada em duas séries policiais, CSI Miami e Dexter. A primeira é sobre uma unidade especial de investigação policial, focada em solucionar os crimes mais complexos que acontecem na cidade. A segunda, um enorme sucesso no Brasil atualmente conta a história de um serial killer que trabalha para a polícia de Miami, e vive aventuras em todos os cantos da cidade.

 

Orla de Atlantic City

Entre as outras cidades retratadas em seriados, temos a Boston, na série Boston Legal. Los Angeles em Two and a half men. Atualmente, a HBO está com a terceira temporada de um seriado chamado Boardwalke Empire, que conta a história da lei seca durante o início do século XX. A trama se passa no litoral do estado de Nova York, em Atlantic City, uma cidade famosa por seus cassinos, que você pode e deve conhecer durante o seu intercâmbio Estados Unidos em NYC.

Por que Nova York?

Você está na dúvida na hora de decidir para onde fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos? Hoje iremos lhe convencer que o lugar ideal para o seu curso de idiomas é Nova York, a cidade que nunca dorme.

Poucas cidades no mundo podem se orgulhar de serem tão globais como Nova York. Com uma população de quase 20 milhões de habitantes na sua região metropolitana, a cidade é o centro financeiro mundial e um dos pontos culturais mais importantes do planeta. No total, mais de 120 idiomas são falados em NYC diariamente na cidade que confunde sua história com o surgimento do país que mais cresceu ao longo do último século. E que tal as inúmeras experiências multiculturais que você poderá viver na cidade? Em Nova York você encontrará a culinária de praticamente todos os países do mundo, alguns dos museus mais importantes da humanidade, e paisagens que você nunca viu na sua vida!

 

Os quatro distritos de Nova York (Manhattan, Queens, Bronx, Brooklyn e State Island), Manhattan é sem dúvida o que melhor descreve a cidade. Repleto de atrativos turísticos e com um ritmo mais que intenso, o novo World Trade Center e o Empire State Building são apenas aperitivos de o que esperar na cidade. Em Manhattan você pode conhecer ainda a gigantesca ponte do Brooklyn, o Rockefeller Center e a sempre filmada Times Square.

Se você não estiver afim de edifícios, atrativos turísticos cheios e barulho de buzinas, que tal o Central Park? O gigantesco parque verde bem no coração da cidade é uma ótima opção para relaxar ouvindo o canto dos pássaros. Você pode ainda pedalar por ciclovias, caminhar, correr, andar de carruagem, e se quiser, visitar o Central Park Zoo.

 

Mas é claro que a cidade de Nova York vai muito além de Manhattan. Em Staten Island você pegar um ferry boat (barca) e passar pela Estátua da Liberdade, além de um gigantesco cinturão verde com 2500 acres contrastando com o cenário de urbanização da cidade. Em Coney Island o New York Aquarium é uma excelente atração para finais de semana, com shows de golfinhos e muito mais.

Tudo isso ainda é pouco para descrever a intensidade da vida e a quantidade de oportunidades que Nova York oferece, e somente fazendo um intercâmbio Estados Unidos para a cidade mais importante do país é que você poderá compreender a dinâmica da vida nesta maravilhosa cidade!

O Canadá é uma potência olímpica?

Hoje tentaremos definir se o Canadá é de fato uma potência olímpica no cenário mundial. Se você pretende fazer um intercâmbio para Canadá, o ideal é conhecer um pouco mais sobre a cultura do país e até entender que o desenvolvimento dos esportes tem muito a ver com o sucesso do país como nação desenvolvida e próspera.

De todos os jogos olímpicos, incluindo verão e inverno, o Canadá só não participou de duas edições dos jogos de verão, no ano de 1896 (quando ainda não era um país constituído), e 1980, quando os Estados Unidos comandou um boicote contra a União Soviética, o país sede.  Somente o fato de ter participado de praticamente todos os jogos possíveis, já coloca o Canadá em um patamar relevante para o cenário desportivo mundial, além de já ter sido país sede em 3 ocasiões, sendo duas jogos de inverno (1988 em Calgary e 2010 em Vancouver), e uma de verão (1976 em Montreal).

No entanto, se considerarmos somente as participações nos jogos de verão, o Canadá apesar de enviar grandes delegações, com médias de 200 atletas por edição, o resultado em termos de medalhas e classificações por rankings deixam a desejar se comparado com outras potências. No geral, o país conquistou 59 medalhas de ouro, 99 de prata e 120 de bronze, com um total de 278, e com vigésimo lugar na classificação média. Historicamente o país obtém sucesso nas modalidades de atletismo, remo e natação. Nos últimos anos, no entanto, o Canadá não tem obtido grandes resultados, ficando entre os 20 melhores países somente em 2008, em Pequim.

Porém, um erro que nós brasileiros somos acostumados a cometer é considerar apenas as olimpíadas de verão ao analisar o quadro de medalhas, o que de certa forma é absurdo, visto que os países da região norte valorizam tanto quanto, ou até mais os jogos de inverno. Neste quesito, o Canadá é muito competitivo, tendo sido o maior vencedor de medalhas na última edição, em Vancouver, e ficando na sexta colocação geral, atrás apenas de EUA, União Soviética, Alemanha, Noruega e Áustria.

Se considerarmos somente os jogos de verão, não podemos classificar o Canadá como uma potência olímpica, principalmente pelo seu desempenho regular nas ultimas ediçoes. Porém, incluindo ambas as versões dos jogos, o Canadá sem dúvida é um dos maiores vencedores de medalhas, inclusive se considerarmos o tamanho do país, com uma população de 34 milhões de habitantes. Durante o seu intercâmbio no Canadá, você poderá averiguar a importância dos esportes no desenvolvimento dos jovens na escola e o seu impacto na sociedade canadense.

Aprenda a usar a escala Fahrenheit

Para aqueles que querem fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, é fundamental conhecer a graduação Fahrenheit para que você saiba exatamente a temperatura que de cada dia. Além disso, conhecer o modelo utilizado pelos americanos ajudará você no seu processo de imersão ao longo do seu curso de inglês e fará com que você nunca mais esqueça a escala.

O modelo Fahrenheit foi proposto no ano de 1724 pelo físico Daniel Gabriel Fahrenheit. A escala define que o ponto de congelamento da água é de 32 graus, e o ponto de ebulição é de 212 graus. Por não constar com números redondos, a escala foi substituída pela Celsius (que utilizamos no Brasil) em boa parte do mundo, sendo mantida primariamente em algumas partes do Canadá, todo os Estados Unidos, ilhas Cayman e Belize.

A escala Fahrenheit era utilizada por boa parte dos países de idioma inglês, até meados dos anos 60, quando a transição para o sistema métrico foi implantada na maioria destes países. Atualmente, o único fiel defensor da escala Fahrenheit é o Estados Unidos, seguido ainda por algumas partes do Canadá. Muitos motivos foram sugeridos para explicar o fato dos EUA resistir tão fielmente contra a escala Celsius, sendo uma das mais plausíveis o alinhamento numérico entre a escala Fahrenheit e a percepção  sobre as variações de temperaturas ao longo do país. Por exemplo: 0° F significa um dia extremamente frio; 50° F, um dia habitual de primavera/outono; e 100° F, um dia muito quente de verão. Enquanto 0° C significa frio, mas algo comum; 50° C, representa uma das temperaturas mais quentes da terra, e algo raro; enquanto 100° C não representa algo não natural, e temperaturas que não suportamos.

Uma boa forma de ir se familiarizando com a temperatura fahrenheit é utilizando conversores online. Existem muitos na internet e eles podem ser usados com extrema facilidade. Em pouco tempo você estará totalmente habituado a escala e saberá dizer a sensação térmica de qualquer temperatura durante o seu intercâmbio Estados Unidos.