O World Trade Center de volta ao topo de Nova York

Mais de 10 anos se passaram desde o maior e mais chocante atentado terrorista já visto. Na manhã do dia 11 de setembro de 2001, 19 terroristas do grupo Al Qaeda seqüestraram 4 aeronaves comerciais das companhias United Airlines e American Airlines, as usando como instrumento para atacar as imponentes torres do complexo World Trade Center, o Pentágono e supostamente a Casa Branca (esta não chegou ao seu objetivo e foi abatida no estado da Pensilvânia). Se você pretende fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, vale a pena visitar Nova York e todo o complexo do World Trade Center.

 

Televisionado para todo o mundo, os atentados deixaram muito mais do que os milhares de inocentes mortos. Além de terem sido motivo capital para duas guerras que se sucederiam no oriente médio, o onze de setembro abalou o orgulho do povo norte-americano e deixou um imensurável vazio no coração de muitas pessoas, principalmente os nova-iorquinos.

O espaço deixado pelas duas torres mais famosas de Nova York (posteriormente chamado de Ground Zero)  gerou controvérsia sobre o que deveria ser construído no seu lugar. Uns queriam um memorial em homenagem as vitimas; outros queriam um museu; outros, duas torres maiores e mais imponentes; e alguns queriam simplesmente ignorar o assunto e esquecer a tragédia. Depois de alguns projetos fortemente rejeitados (como as 6 propostas feitas pelo escritório de arquitetura Beyer Blinder Belle em 2002), em 2006 se iniciou a construção da Freedom Tower (atualmente conhecida como World Trade Center One). O complexo agora contará com um total de 7 torres, um departamento de polícia, e também um memorial para as vítimas dos atentados.

A Freedom Tower foi desenhada para restaurar o orgulho nova-iorquino, atuando como símbolo de poder e relembrando a história do país. Com 1776 pés de altura (aprox. 540 metros), o número remete a independência dos Estados Unidos no ano de 1776. No mês passado, ao atingir o nonagésimo andar, a construção (ainda inacabada) voltou a ser o maior arranha céu de Nova York, tendo sua conclusão prevista para o ano de 2013.

Quem já fez um intercâmbio para os Estados Unidos sabe como é o sentimento de patriotismo e unidade da maioria da população. E apesar de toda a controvérsia, a tragédia de onze de setembro foi sem dúvida o evento que marcou a história recente da humanidade e toda essa geração. Para eles, representou inicialmente uma vulnerabilidade, seguida por uma união, e agora um sentimento de superação e orgulho.

Anúncios

About StudyGlobal Intercâmbio e Cursos de Idiomas

StudyGlobal oferece cursos de idiomas em mais de 70 destinos! Estude um idioma em um lugar onde ele é falado oficialmente e descubra as vantagens de um programa de imersão total. Aprenda Inglês, Espanhol, Francês, Alemão, Italiano, Russo, Português ou Chinês e tenha uma das melhores experiências de sua vida! Escolha um dos nossos diversos programas, feitos de acordo com suas necessidades sejam elas, preparação acadêmica, razões profissionais ou simplesmente por diversão e interesses culturais. Temos programas para cada gosto, idade e interesse! Cursos de idiomas, preparação para exames (TOEFL, TOEIC, Cambridge, DELE, DELF, etc.), cursos combinados como Espanhol Estágio, Espanhol Flamenco, Inglês Mergulho, Inglês Surf, Inglês Trabalho ou Francês Culinária Francesa, programas voluntários na África do Sul ou Aventura Espanhol na Venezuela! Suas opções são ilimitadas!

One response to “O World Trade Center de volta ao topo de Nova York”

  1. leonardo says :

    Muito bom texto. Excelentes fotos do projeto do world trade center

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: